SONDAGEM: Santa Rita e Patos estão entre as cidades do País com maior risco de violência entre os jovens

Os municípios de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa, e Patos, no Sertão do Estado, estão entre as vinte cidades do País com maior risco de violência entre os jovens. Santa Rita ocupa a 5ª colocação e Patos a 17ª no ranking nacional.

Os dados estão em um levantamento feito pelo Forum Brasileiro de segurança Pública (FPSP) apresentados nesta terça-feira (19), durante seminário realizado na Capital do País.

O Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência (IVJ-Violência) considerou as taxas de violência a que os jovens de 12 a 29 anos estão expostos relacionadas a homicídios, mortalidade no trânsito, pobreza, desigualdade socioeconômica, freqüência dos jovens nas escolas e acesso ao mercado de trabalho.

Ainda de acordo com os dados do Forum João Pessoa ocupa a posição 58 e campina Grande, a 63. Participaram do levantamento 283 cidades com população acima dos cem mil habitantes no ano de 2010.

O Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência é apurado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) a pedido da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça (MJ), por meio de Termo de Parceria que visa produzir subsídios à Política Nacional de Segurança Pública.

O indicador baseia-se nos dados consolidados pelo último Censo Demográfico, realizado em 2010, e retrata questões que influenciam a vida de jovens de 12 a 29 anos de idade.

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública foi constituído em março de 2006 como uma organização não governamental, apartidária e sem fins lucrativos, cujo objetivo é construir um ambiente de referência e cooperação técnica na área de atividade policial e na gestão de segurança pública em todo o País.

O foco do Fórum está no aprimoramento técnico da atividade policial e da gestão de segurança pública. Por isso, avalia o planejamento e as políticas para o setor; a gestão da informação; os sistemas de comunicação e tecnologia; as práticas e procedimentos de ação; as políticas locais de prevenção; e os meios de controle interno e externo, dentre outras; sempre adotando como princípio o respeito à democracia, à legalidade e aos direitos humanos.

Da Redação 
Com Ascom do FBSP

Ministério Público/PB firma TAC para regularizar pagamento de salários na Prefeitura Municipal de Santa Rita

O Ministério Público da Paraíba firmou um termo de ajustamento de conduta com a Prefeitura de Santa Rita para regularizar as folhas de pagamento de dezembro de 2012 dos servidores e 13º salário dos professores municipais. De acordo com o TAC, a prefeitura deve pagar os salários até o dia 15 de fevereiro.

O termo foi assinado na última sexta-feira (1º) pela promotora do Patrimônio Público de Santa Rita, Anita Bethânia Rocha, pelo procurador-geral do Município, José Clodoaldo Maximino Rodrigues e pelo secretário de Finanças, Sebastião Alves Feitosa com a participação do Sindicato dos Servidores Municipais, representado pelo presidente José dos Santos de Farias.

Segundo informações da Promotoria, o município de Santa Rita, deixou de pagar o mês de dezembro de 2012 aos servidores das Secretarias de Educação, Turismo, Bem-Estar Social, Conselho Tutelar, Procuradoria Jurídica, Secretaria de Comunicação, Secretaria de Infraestrutura e o salário de dezembro juntamente com 13º dos professores.

Da Redação
Com Jornal da Paraiba

EM SANTA RITA: Homem mata amigo por causa de ciúmes, e diz que mataria novamente

Na noite deste sábado, 2, o ciúmes fez com que um homem fosse assassinado em Santa Rita. Luciano Alexandre da Silva, 32 anos, foi morto a pedradas após, supostamente, ter cortejado a ex-esposa de Leandro Rodrigues, 31 anos, de quem já estava separado há dez anos. O crime aconteceu no Conjunto Aderbal Soares, bairro Alto da Popular.

De acordo com Leandro Rodrigues, que se entregou para a Polícia e confessou o crime, ele atraiu o amigo para um bar, e em determinado momento chamou a vítima para um terreno baldio para urinar. Enquanto Luciano Alexandre da Silva estava distraído, ele começou a golpeá-lo com pedradas na cabeça. A vítima não resistiu e morreu no local.

Sobre o crime, Leandro Rodrigues disse que não ficou com pena, e que se pudesse, mataria novamente.

Da Redação 
Com Bayeux em Foco

Filhos agridem pai a pauladas e tijolada por causa de disputa por posse de casa em Santa Rita/PB

Uma guarnição da Polícia Militar de Santa Rita foi acionada na noite de ontem (27), no conjunto Sol Nascente, em Tibiri II, para resolver uma briga em família que acabou virando pancadaria. O fato aconteceu na Rua Marialva Helena Alves e teve como vítima Pedro Tavares de Lima, de 58 anos.

Segundo informações repassadas aos policiais do 7ºBPM, o senhor Pedro foi agredido a pauladas e tijolada por um de seus três filhos. Enquanto dois de seus filhos o segurava, José Carlos utilizava um pedaço de madeira para agredir seu pai com vários golpes na perna.

De acordo ainda com a polícia, o pai foi agredido pelos filhos por causa de uma disputa por posse de casa. Os filhos residem em casas construídas dentro do terreno do pai e queriam tomar posse tanto da casa quanto do terreno. No terreno existe uma vila de propriedade do pai e os filhos queriam tomar do pai por conta disso houve a pancadaria.

A vítima teve fraturas na perna e em seu peito, causada por uma tijolada. A polícia levou os filhos para a 6ª Delegacia de Polícia Civil de Santa Rita e o pai foi socorrido para o hospital.

Da Redação 
Com Bayeux em Foco

Modelo que se casaria no próximo mês é morto a tiros em Santa Rita

Amigos do modelo e estudante universitário, Dalmi Barbosa Filho, 27 anos, compartilharam uma foto na rede social ‘Facebook’, onde o jovem comentava há exatos um anos antes de sua morte sobre a expectativa do dia em que ‘o Senhor chamará pelo seu nome’. Dalmi Barbosa foi executado a tiros na noite deste sábado (22), no município de Santa Rita, Região Metropolitana de João Pessoa. Ele foi sepultado na manhã deste domingo (23), sob aplausos e forte comoção de amigos e familiares.

E uma postagem, o modelo diz que ‘fica imaginando o dia em que o Senhor chamará por meu nome, pra um lugar muito distante, naquele lugar não haverá: fome, nem sede, nem pranto. Pois o cordeiro que está no trono, apascentará e me servirá de guia para as fontes das águas da vida. Volta logo Jesus, pois a tua igreja te espera. Te amo Deus!”.

De acordo com o tenente coronel Eduardo Jorge, comandante do 7º BPM, o serviço de inteligência do batalhão e a Delegacia de Homicídios de Santa Rita, já têm informações sobre os possíveis autores do crime e nos próximos dias eles serão presos.

“Temos muitas informações sobre os assassinos e até a próxima semana estaremos efetuando as prisões. Os acusados pela morte do jovem estão fora da cidade”, adiantou o coronel informando que no dia do crime “uma viatura descaracterizada da PM estava fazendo levantamento há três ruas do assassinato e por pouco, os criminosos não foram presos”.

Ainda conforme Eduardo Jorge, a principal linha de investigação é a banalidade do crime em virtude de Dalmi Barbosa ter sido morto porque se negou a entregar o celular. “A gente tem informações concretas de testemunhas que os acusados em um carro interceptaram o jovem e pediram o celular dele. Como Dalmi se negou a entregar o aparelho por alguns minutos, os homens efetuaram tiros contra ele”, lamentou o comandante revelando que a vítima estava prestes a casar.

Segundo o tenente Agostini, do 7º Batalhão da Polícia Militar, a vítima estava voltando da academia de musculação quando foi abordada por três homens que chegaram em um siena escuro e anunciaram o assalto. O crime aconteceu na rua José Vitelino da Rocha, cerca de 400 metros da residência onde Dalmi morava.

Da Redação 
Com Portal Correio
É proibida a reprodução total ou parcial deste site. CNPJ: 10.962.007/0001-48