Imprensa regional repercute negativamente ‘claque’ montada em solenidade de início das obras da PB 051 em Caldas Brandão

A imprensa regional tem repercutido negativamente desde a última sexta-feira (16) a ‘claque’ montada na solenidade de início das obras de asfaltamento da PB 051 na cidade de Caldas Brandão pelo ex-prefeito de Mari Marcos Martins e seus aliados políticos.

Na sexta-feira mesmo, o Programa Polêmica Paraiba, do Sistema Paraíba de Comunicação fez severas críticas a atitude do ex-prefeito e citou o exemplo da cidade de Areia em que o atual Prefeito Elson Cunha Lima e seu desafeto o Deputado Tião Gomes estiveram no mesmo palanque na quarta-feira (14) na cidade abrindo o famoso Festival de Artes.

Os apresentadores do Programa Polêmica Paraíba enalteram a atitude das duas lideranças políticas  de Areia que tiveram comportamento republicano, o que não ocorreu na cidade de Caldas Brandão com o ex-prefeito e atual de Mari.

Agora foi a vez do conceituado Portal Independente.net da cidade de Guarabira repercutir negativamente o fato.

Em matéria extensa sobre a assinatura da ordem de serviço da construção da estrada PB 051 entitulada “Ricardo Coutinho assina ordem de serviço para construção da rodovia ligando Mari, Caldas Brandão e Cajá”, o portal trás a cobertura do evento e na mesma matéria o subtítulo ganha destaque: “Nota zero para a claque”, referindo-se as cenas protagonizadas pelos aliados do ex-prefeito e por ele mesmo durante aquele ato solene.

Print da matéria do Portal Independente

Print da matéria do Portal Independente

Reproduzimos a seguir o texto do Portal no qual se refere a ‘claque’ montada pelo ex-prefeito de Mari em Caldas Brandão:

“O ponto negativo da solenidade ficou por conta de partidários do ex-prefeito de Mari, Marcos Martins, que protagonizaram cenas deploráveis. Uma claque foi organizada para aplaudir excessivamente Marcos e vaiar acintosamente o prefeito Antônio Gomes, todas as vezes que se falasse o nome o do gestor.

Foi constrangedor para muitos presentes que reprovaram a atitude e até o governador mandou respeitar o povo disse que ele é governador de todos os paraibanos, dos que votaram e dos que não votaram nele. A coisa só não descambou para o confronto pessoal porque os aliados de Antônio, que compareceram em grande número, respeitaram a solenidade e não revidaram aos insultos.

A manifestação em defesa de seu candidato é legítima e deve ser respeitada. Mas ali não era o local ideal para a manifestação apaixonada das viúvas do poder. Também não era uma gincana entre Antônio Gomes e Marcos Martins, nem tampouco era comício de Marcos.

Até panfleto apócrifo contra o prefeito de Mari foi distribuído aos presentes, numa afronta à civilidade e aos bons costumes. Uma certa eminência parda dava os comandos para a claque e as vaias e aplausos soaram como falta de respeito. Um espetáculo deprimente.”.

Para conferir a matéria do Portal Independente.net na íntegra click aqui.

Da Redação
Do Expresso PB