Mulher é espancada e mantida em cárcere privado por quase 10h pelo companheiro

O motorista Gerailson Samuel da Silva, 37 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (31), após manter a esposa de 24 anos em cárcere privado e a espancando por quase dez horas. O crime ocorreu na avenida Iaiá Paiva, no bairro de Mandacaru, em João Pessoa.

Homem acusado das agressões

De acordo com o cabo Petrucci da Silva, da Unidade de Polícia Solidária (UPS) do bairro, um irmão da vítima procurou a Polícia Militar denunciando que o seu cunhado mantinha a jovem em cárcere privado.

“Fomos até a residência e o homem se negou a abrir a porta. Tivemos uma conversa, mas ele se negou a sair. Arrombamos a porta e flagramos a mulher dentro de casa com vários hematomas no corpo. Ela estava dentro de casa desde as 7h da manhã desta quarta”, disse o cabo Petrucci, informando que o Gerailson Samuel apresentava sinais de embriaguez.

A vítima – que mora com o homem há cinco anos – foi encaminhada para a Delegacia da Mulher, na Capital. A delegada Wanderlei Gadi, confirmou que ele vai responder por cárcere privado e será enquadrado na Lei Maria da Penha.

A mulher será encaminhada para exames de corpo de delito para comprovar as agressões. O cabo Genaldo França participou da prisão do motorista.

Da Redação 
Com Portal Correio

INUSITADO: Mulher diz que ama ex que tentou matá-la com uma faca em Bayeux/PB

Edvaneide Alves da Silva, 31 anos, foi esfaqueada pelo ex-marido, após uma discussão amorosa, na cidade de Bayeux, região metropolitana de João Pessoa.

De acordo com Edvaneide, que mora o bairro Rio do Meio, ela estava bebendo em sua residência com o ex-companheiro e após começar uma discussão, ela chegou a pedir que o homem deixasse a casa, mas, o mesmo se recusou a sair.

O acusado se armou de uma faca e ainda chegou a ferir a mulher com uma estocada nas costas.

A vítima foi levada para o hospital de Bayeux e, após passar por procedimentos médicos, foi liberada.

Edvaneide foi até a Delegacia da Mulher prestar Boletim de Ocorrência contra o ex-marido que deve responder pelo crime de tentativa de homicídio.

No entanto, a mulher, mesmo separada, afirma que o ex é “o amor da vida dela”.

Mulher mostra ferimento a golpe de faca (Foto: Bayeux Jovem)

Da Redação 
Com Bayeux Jovem