Aliança do prefeito de Mari com Deputado Mineral vira notícia em portal da capital que revela insatisfação de RC com MM

Print da matéria no Pbagora

Print da matéria no Pbagora

O Portal Pbagora estampa matéria intitulada: “O DESAFETO: abraço em deputado tucano deixa prefeito socialista em saia justa na Zona da Mata paraibana” (confira aqui) , dando conta de que a aliança confirmada no último domingo entre o Prefeito de Mari, Marcos Martins (MM) e o Deputado Estadual Antonio Mineral não é vista com bons olhos pelo Governador Ricardo Coutinho.

“Além de apoiar um candidato que não conhece um bairro de Mari, ele desafia o governador ao se abraçar a Mineral que jurou fidelidade a Cássio”, diz parte da matéria dizendo ter ouvido tal declaração de uma fonte ligada a Coutinho.

Nas redes sociais a matéria é bastante comentada pelos internautas opinando sobre a dobradinha  MM/Mineral.

Veja matéria a seguir na íntegra:

O DESAFETO: abraço em deputado tucano deixa prefeito socialista em saia justa na Zona da Mata paraibana

 O DESAFETO: abraço em deputado tucano deixa prefeito socialista em saia justa na Zona da Mata paraibanaAlém de enfrentar uma gestão problemática, o prefeito  Marcos Martins (PSB), do município de Mari, cidade localizada na Zona da Mata paraibana, enfrenta fortes problemas em sua base de atuação política.

Informações de bastidores obtidas pelo PB Agora dão conta que o relacionamento de Marcos com o governador Ricardo Coutinho (PSB) não é dos melhores, tudo por conta da postura de Martins que continua firme com o com um desafeto do ‘Mago’, mesmo com a postura do deputado Antônio Mineral (PSDB) que decidiu abandonar o projeto socialista, trocar farpas, chegando a acusar a gestão de Ricardo Coutinho de promover negociatas.

“Além de apoiar um candidato que não conhece um bairro de Mari, ele desafia o governador ao se abraçar a Mineral que jurou fidelidade a Cássio”, frisou uma fonte.

Segundo a fonte, causa estranheza o comportamento de Marcos que é do PSB e que tem o pai como presidente da Câmara de Mari:

“Ele não tem gratidão com um governador que trouxe diversos benefícios na cidade, trazendo inclusive a estrada que liga Mari ao Cajá, um sonho da nossa região”, desabafou.

ENTENDA:  O deputado federal Antônio Mineral, do PSDB, que virou notícia por abandonar o projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB) para apoiar a candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao Governo da Paraíba reagiu às insinuações de que teria “negociado” o apoio em troca de dinheiro e soltou o verbo contra o grupo socialista.

Ele disse que chegou a negociar sim, mas foi com o governador Ricardo Coutinho (PSB) para poder ter, por exemplo, uma ambulância destinada à região em que atua.

“Realizei negociatas várias vezes com Ricardo. Negocie minha licença por uma ambulância para um município de minha base política”, disse.

A reação do tucano aconteceu logo depois da repercussão de um vídeo em um comício, em que o governador Ricardo Coutinho diz que se quisesse, teria a maioria dos apoios na Assembléia Legislativa da Paraíba, ao preço de uma gratificação de R$ 300 mil.

“Se eu quisesse, eu colocaria uma ruma de deputados ali e garantia maioria na Assembleia, que hoje eu não tenho, com as mesmas práticas que os outros tinham de maioria. Mas, eu não vou pegar dinheiro do povo, pegar o dinheiro de vocês, das mães de família, pegar R$ 300 mil e dar de gratificação para um deputado ser de minha base.”, disse Ricardo.

O deputado tucano disse ainda que os asfaltos que conseguiu para os municípios onde tem bases políticas só foram possíveis devido ao comprometimento de votar a favor do pedido de empréstimo para o Estado, do qual ele foi relator.

“Você só consegue alguma coisa de Ricardo Coutinho se ele precisar de você, Eu mesmo negocie várias vezes com o governador. Quem quer ser só bonzinho vai responder pelo que está sendo apurado, pois tudo chega ao conhecimento do povo”, disparou.

PB Agora

Da Redação
Do ExpressoPB

PROTESTO – Populares interditam PB 073 em protesto contra Prefeito de Mari/PB por perseguição política

O Prefeito de Mari, mata paraibana, Marcos Martins (PSB) continua com forte e decrescente popularidade e os índices de rejeição a sua gestão pode ser um dos piores contra um gestor público no município.

Na manhã desta sexta-feira (09) a comunidade do sítio Taumatá interditam a PB 073 no sentido Mari/Guarabira em protesto contra a desapropriação de uma área particular para construção de uma escola naquela comunidade rural.

10153914_254373174766202_6158254891940653860_n

Segundo os populares, nada contra a construção da escola, o fato é que o prefeito abdicou de um terreno do município ao lado do Ginásio de esportes para desapropriar uma área em frente ao terreno de propriedade da prefeitura apenas com o intuito de perseguir politicamente a família proprietária da terra.

Segundo a filha do proprietário da terra, a sra. Marisa Baltazar, a terra que o prefeito desapropriou era utilizada para o sustento da família e que não havia necessidade da desapropriação, já que a Prefeitura possui um terreno no local, apenas do outro lado da estrada. Para Marisa o prefeito está usando do poder que lhe foi outorgado pelo povo para perseguir o próprio povo.

“Hoje vejo os sonhos de meus pais desaparecendo, mas Deus é maior. Espero que a nossa justiça veja a situação que eu e meus pais estamos vivendo, diante desse pesadelo que parece não se acabar mais”, disse Marisa emocionada.

O protesto começou por volta das 9h00 e só terminou por volta das 12h30 da tarde, após a polícia comparecer ao local e negociar para a desobstrução da rodovia.

10325208_254374131432773_4667903451719048311_n 10155349_254374484766071_7235240639537810992_n 10256218_254373324766187_4996669765572044960_n 10299947_254374378099415_7396083294222725895_n 10312365_254373448099508_2842373888892880964_n 10312629_254373564766163_7852134639444131213_n

Da Redação
Do ExpressoPB

Edição impressa do ExpressoPB revela pesquisa que aponta Marcondes como o vereador mais atuante de Mari/PB em 2013

A edição (impressa) de março do Jornal ExpressoPB trouxe reportagem na qual revela que o Vereador de Mari, mata paraibana, Marcondes Baltazar  (PMDB) foi escolhido pelo segundo ano consecutivo um dos parlamentares mais atuantes da cidade, segundo  pesquisa realizada pelo Instituto Tiradentes da cidade do Recife.

O parlamentar só foi comunicado da escolha no mês passado quando do início do ano legislativo de 2014, daí o parlamentar não ter ido receber a Medalha Tiradentes em solenidade realizada em dezembro do ano passado.

A escolha foi feita através de pesquisa realizada por um sistema sentio, que aferiu a opinião as pessoas através do telefone. Para realizar a enquete o Instituto Tiradentes possui um banco de dados com mais de 120 milhões de telefones de todo o Brasil.

O Vereador Marcondes Baltazar em contato com a equipe do ExpressoPB revelou que se sente extremamente satisfeito com a sua escolha, mas reiterou que com isso aumenta  a sua responsabilidade quanto ao trabalho desenvolvido por ele a frente de seu mandato na Câmara Municipal de Mari.

Baltazar está em seu terceiro mandato parlamentar e tem  encampado a luta em defesa das camadas mais necessitadas da sociedade apresentando requerimentos, projetos de lei e atuando nas bases e sempre presente nas lutas da população.

Além do Vereador Marcondes Baltazar outros dois parlamentares de Mari também foram citados na enquete.

Confira a matéria como foi publicada no Jornal:

10168658_419819351488898_1005330917_o

Da Redação
Do ExpressoPB

Secretário Executivo de Comunicação da Paraíba, Célio Alves, concede entrevista na Rádio Araçá FM de Mari/PB

GEDC0809O Secretário Executivo da Comunicação do Governo da Paraíba, Célio Alves, esteve em Mari, mata paraibana, nesta terça-feira (08) concedendo entrevista ao Programa Liberdade de Expressão da Rádio Comunitária Araçá FM.

O Secretário fez uma explanação das obras, ações e investimentos feitos pelo Governo do Estado na cidade e elencou a construção da Delegacia, um ginásio de esportes na zona rural, dois ginásios de esportes na cidade e reforma de duas escolas, a estrada que liga Mari a Caldas Brandão, dentre outras ações.

Célio negou que o governador Ricardo Coutinho tenha prometido reabrir o Hospital Santa Cecília de Mari, mas disse que o governo está investindo mais de hum milhão de reais no Hospital Sá Andrade de Sapé para torná-lo uma espécie de Hospital Regional.

O Secretário ainda tratou de política, analisou os números das pesquisas e reafirmou o que vem sempre dizendo nas entrevistas estado afora: “Ricardo não tem boa relação com as pesquisas, ele tem boa relação com as urnas”.

Da Redação
Do Expresso PB

Mari receberá matadouro regional; obra deve começar em breve

Foto - Governador RC e o prefeito Marcos Martins

Foto – Governador RC e o prefeito Marcos Martins

O prefeito de Mari Marcos Martins (PSB) participou, no último dia 03, no Palácio da Redenção e João Pessoa da solenidade de assinatura de um pacote de ordens de serviço para execução de obras na PB e em Mari. O governador Ricardo Coutinho, ao lado doi vice-governador Rômulo Gouveia, autorizou a abertura de 11 licitações para inicio de novas obras no estado, através da SUPLAN (Superintendência de Planejamentos da Paraíba). “O governador assinou ordens de serviço de 41 obras na PB, já autorizando a SUPLAN liberar as l,licitações para a construção dessas obras. Os investimentos anunciados somam R$ 152 milhões e incluem para Mari a construção do matadouro regional que já anunciamos há alguns dias e que a oposição torcia para não chegar”, disse o prefeito Marcos Martins, garantindo que muito mais recursos virão para o município a seu pedido. “Muito mais recursos virão para Mari a nosso pedido junto ao governador RC, esse governador trabalhador e dedicado ao nosso povo da Paraíba. Já anunciamos mais de 30 ruas que serão pavimentadas, inclusive já elaboramos todo o projeto e o mapa das ruas que serão beneficiadas”, garantiu o prefeito de Mari, que tem recebido ataques constantes da emissora comunitária local, que parece não querer dialogar com a administração municipal.

Esse matadouro regional servirá a toda região, compreendida por várias cidades circunvizinhas a Mari, inclusive Sapé. Será um matadouro moderno e co equipamentos de primeira geração. O investimento passa dos R$ 1,5 milhões.

Da Redação
Com Coordecom – Prefeitura de Mari

É proibida a reprodução total ou parcial deste site. CNPJ: 10.962.007/0001-48