DUPLO ASSASSINATO – Irmãos são executados a tiros de 12 durante a madrugada no Bairro de Mandacaru em JP

Foto: Emerson Machado

Foto: Emerson Machado

Um duplo homicídio aconteceu na madrugada desta terça-feira (29), no bairro de Mandacaru em João Pessoa.

Os irmãos Renato Francisco do Nascimento, 17 anos e Renan do Nascimento Santos, 16 anos, foram assassinados a tiros de revolver e espingarda calibre 12, durante a madrugada.

Homens mascarados invadiram a casa onde os adolescentes dormiam e os executaram com tiros na cabeça.

Segundo a policia, os irmãos eram usuários de drogas e moravam sozinhos, em um quarto de aluguel em uma vila em Mandacaru.

 

Da Redação
Com Aguinaldo Mota

VIOLÊNCIA – Homem é assassinado a golpes de facão e pedradas em Mandacaru

Joselito Alves da Silva, 40 anos, foi assassinado na noite desta quarta-feira (28), no Porto de João Tota em Mandacaru.

De acordo com informações colhidas pelo delegado de homicídios Dr. Silvio Bardasson, a vítima foi morta na comunidade conhecido como Porto de João Tota. Com ferimentos graves e massa encefálica exposta, o homem caiu sem vida na Rua Martin Afonso de Sousa.

Uma equipe do Serviço de Atendimento de Móvel de Urgência (SAMU), foi até o local, mas nada pôde fazer, pois o rapaz já estava em óbito.

Joselito morava na comunidade conhecida como “Beco de Zé Borges”, era ex-presidiario e já havia sofrido duas tentativas de homicídios.

Da Redação 
Com Cabulosopb

Dois homens são executados a tiros em comunidade do bairro de Mandacaru

Policiais da UPS do bairro atenderam a ocorrência

Dois homens foram assassinados a tiros na noite desta segunda-feira (19), na comunidade Porto de João Tota, no bairro de Mandacaru, em João Pessoa. Segundo informações da Polícia Militar, as vítimas tinham envolvimentos com drogas.

Segundo informações da Unidade Polícia Solidária (UPS) de Mandacaru, Pedro dos Santos, 24 anos, foi assassinado após a família ter liquidado uma dívida dele com traficantes de drogas. Pedro tinha voltado há poucos dias do município de Campina Grande para não ser morto por traficantes que queriam matá-lo por causa de uma dívida de drogas.

Minutos depois na mesma comunidade, Severino Fabrício da Silva, 57 anos, foi executado em uma casa onde, segundo a Polícia Militar, funciona uma boca de fumo.

Policiais da UPS relataram que a vitima conversava com amigos quando foi ferido com vários disparos. Severino Fabrício tentou fugir dos tiros, mas caiu morto na cozinha.

A Polícia Militar realizou rondas pela comunidade, mas até às 07h30 os acusados pelos assassinatos não foram identificados.

Curta o Expresso PB no Facebook    

Da Redação 
Com Portal Correio

Servente de pedreiro é assassinado a tiros em Mandacaru em JP

Foi assassinado no final da manhã desta sexta-feira, 11, no bairro de Mandacaru o servente de pedreiro José Valdevino Silvestre (43 anos). No começo do ano, um irmão da vítima também foi assassinado no mesmo bairro.

Segundo testemunhas, José Valdevino estava conversando com amigos, perto da sua residência, quando um homem se aproximou e disparou contra ele várias vezes. O servente morreu no local do crime, e a Polícia não soube informar quem seria o autor dos disparos nem o motivo do assassinato.

O caso foi atendido pela equipe do Cabo Ribeiro, que isolou o local e tentou obter mais informações com os moradores do Alto do Céu.

Da Redação 
Com Aguinaldo Mota

Imagens Fortes: Mulher é assassinada com tiro na cabeça no meio da rua em Mandacaru

Mais uma mulher entra para as estatísticas na grande João Pessoa. Desta vez foi Fabricia dos Santos Marques de 22 anos, assassinada com dois tiros na noite desta segunda-feira (5), na comunidade Porto de João Tota em Mandacaru.

Segundo informações do delegado de homicídios Dr. Everaldo Medeiros, no local impera a lei do silencio. Ninguém deu qualquer informação que possa levar a policia a identificar o assassino.

Moradores informaram a policia que escutaram dois tiros, quando saíram para verificar o que aconteceu, encontraram a vitima estendida ao solo no meio da rua já morta.

Nenhum morador da rua soube informar como o crime aconteceu.

A policia vai investigar se a Fabricia tinha envolvimento com o tráfico de drogas. A pericia foi realizada pelo Dr. Ademar Roberto.

Da Redação 
Com Aguinaldo Mota