Padre fazia orgia com menores em casa paroquial, regada à bebida alcoólica na Paraíba, diz promotor

Igreja Matriz de Jacaraú/Crédito: PbVale

Igreja Matriz de Jacaraú/Crédito: PbVale

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), através da Promotoria de Jacaraú, vai interrogar nesta quarta-feira (26), adolescentes que tiveram relações sexuais com o padre Adriano José, pároco de Jacaraú, no Litoral Norte do Estado. De acordo com o promotor Marinho Mendes, as orgias sexuais, que ocorriam dentro da casa paroquial e motéis, eram regadas à bebidas alcoólicas. A Arquidiocese da Paraíba confirmou que ele está suspenso de ordem, ou seja, impedido de realizar missas. O padre Jaildo Souto também teve às ordens suspensas suspeito de abuso sexual.

O promotor revelou que as investigações contra o padre Adriano José iniciaram em novembro de 2013, quando furtos foram registrados na casa do sacerdote. “Os menores suspeitos pelos crimes foram interrogados e daí eles revelaram que não roubaram, mas que receberam do padre após relações sexuais com ele”, disse Marinho Mendes.

Após depoimentos, o Ministério Público da Paraíba e a Polícia Civil abriram investigações e já confirmaram o envolvimento do padre Adriano José com 10 adolescentes. “Os rapazes entre 12 e 17 anos, disseram que recebiam entre R$ 50 e R$ 200 para se relacionar com o padre. Eles ainda disseram como ocorriam os encontros sexuais e as farras tanto na casa paroquial como em motéis da região. Os menores confirmaram que recebiam também presentes e sempre viajavam com o sacerdote”, comentou o promotor de Justiça.

O MP ainda disse que um material publicitário começou a circular na cidade denunciando o envolvimento do padre com rapazes menores de idade. O escândalo tomou proporção e o padre foi afastado das funções de sacerdote.

A Arquidiocese da Paraíba confirmou que o padre Jaildo Souto também foi afastado das funções eclesiástica suspeito de manter relações com um menor. Antes a entidade religiosa afirmada que o desligado do sacerdote era por motivo de saúde. Ele está suspenso de realizar missas e fazer batismo.

Padre Jaildo é investigado por abuso sexual na cidade de Pitimbú, Litoral Sul do estado. A Polícia Civil investiga o envolvimento dele com um rapaz, que hoje tem 21 anos, mas na época dos encontros sexuais o jovem tinha 15 anos.

Da Redação
Com Portal Correio

MAIS UM: Homem é preso acusado de estuprar menino de 9 anos de idade em Jacaraú

Acusado

Na noite desta quinta-feira (07), por volta das 21:30h, uma guarnição da Polícia Militar comandada pelo sargento Jota Ricardo, prendeu um homem acusado de abusar sexualmente de um menino de nove anos, na cidade de Jacaraú.

Cícero Barbosa de Lima, 43 anos, é apontado como sendo o responsavel peos abusos cometidos contra um menino, segundo o concelheiro tutelar, Cristiano Félix. Ele disse que recebeu duas ligações com denúncias de que Cícero estava abusando da criança e os conselheiros decidiram investigar.

Eles foram até o local, uma residência que a cerca de 1km da cidade de Jacaraú, que pertence ao acusado. Ao chegarem no local encontraram Cícero dentro da casa com A.T.D. 9 anos. Os concelheiros perguntaram a Cícero o que ele estaria fazendo como menor, o mesmo respondeu que estavam descansando e que a porta estaria trancada por temer assalto, já que a região é bastante perigosa. Os conselheiros observaram que A.T.D estava com o a frente do short para traz.

Os concelheiros decidiram encaminhar o menor e o acusado para a sede do concelho, lá chamaram a mãe do menor, e a Polícia.

Mãe da criança

A mãe da criança disse que o filho confirmou os abusos, e que Cícero o levava para o sítio. Lá ele mandava que meu filho tirasse a roupa e praticava sexo com ele.

Cicero disse ser inocente das acusações e que é evangélico temente a Deus e que estariam pressionando a criança para que ele confirmassem a história, ele disse ainda que as investigações iram provar que ele nuca fez isso com criança.

Curta o Expresso PB no Facebook    

Da Redação 
Com Portal Midia.net

TRE mantém condenação de vereador de Bayeux e inderefe pedidos de cassação de vereador em Guarabira e Jacaraú

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julgou nesta terça-feira (17) a situação dos mandatos de três vereadores que estão em exercício na Paraíba. Os casos foram analisados pela Corte que, nesta sessão, foi presidida pelo juiz Miguel de Britto Lyra Filho. Um dos parlamentares teve negado um recurso que pedia efeito suspensivo da aplicação do Código Eleitoral e a corte manteve condenação anterior que previa dois anos de prisão por falsificação de documentos.

O caso envolve o vereador de Bayeux, Severino Ramos Soares (PSDB) em matéria criminal, julgada em primeira instância, na Zona de Bayeux. À época ficou provado que o certificado de escolaridade utilizado pelo então candidato nas eleições de 2008 era falso. Severino foi condenado pelo artigo 348 do Código Eleitoral, que prevê pena de 2 anos e meio de prisão e multa. O vereador recorreu ao TRE que não acatou o pedido. A corte resolveu desprover parcialmente o recurso, estabelecendo pena de dois anos de prisão.

Os outros dois vereadores que tiveram julgamentos na sessão desta terça foram Gerson Cândido de Farias, de Guarabira, que era do PRP e pediu mudança para o PPL; e o Peron Bezerra Pessoa, de Jacaraú, que era PSDB e migrou para PSD. Nos dois casos a corte entendeu que houve justa causa no pedido de desfiliação e mantive os mandatos dos parlamentares.

Da Redação 
Com Assessoria

Grupo Ágape encena Paixão de Cristo para uma multidão em Jacaraú

Na noite dessa sexta-feira (6) o Grupo Ágape encenou a “Paixão de Cristo” para uma multidão que aguardava ansiosamente para se emocionar com o maior espetáculo da terra.

A encenação teve início logo após a procissão do Senhor Morto no Largo da Matriz Nossa Senhora da Conceição. O grupo é formado por jovens e adultos que participam ativamente das atividades da igreja, e o grupo não se limita apenas durante o período da Quaresma, em demais festas religiosas da paróquia o grupo sempre se mostra disposto se entregando de corpo e alma em seus eventos. Mesmo quem não participa de algum grupo de jovem da igreja, outras pessoas podem se inscrever para participar. Além dos eventos religiosos, o grupo também organiza e participa dos festejos juninos.

Todos os anos a apresentação sempre revela excelentes atores e atrizes e novidades. Antes da encenação da paixão de Cristo houve uma apresentação musical para abrilhantar ainda mais a noite.

Após a apresentação se deu início ao espetáculo, o semblante de cada personagem era nítido toda a emoção, empenho e dedicação de cada um. A cada ano as emoções se renovam e parecem tocar mais profundamente nos corações das pessoas que acompanhavam emocionadamente a cada estação.

O palco principal foi montado ao lado da Igreja Matriz, se estendendo por todo largo  em frente à igreja e a praça. Se utilizando desses espaços os atores e o público participou ativamente da apresentação. O público em si foi bastante compreensivo no momento em que o elenco precisava se deslocar por diversas vezes por entre o espaço delimitado pela produção, sendo assim não atrapalhando o espetáculo.

Padre Adriano e toda a equipe da igreja deram o suporte necessário para que fosse realizada e concretizada a Paixão de Cristo.

A entrega e dedicação de toda a produção para que cada detalhe, desde os bastidores até o palco central, para que o público presente pudesse se emocionar já é digno de aplausos.

Há 14 anos o Grupo Ágape vem encantando e emocionando toda a população Jacarauense e todas as pessoas que visitam a cidade durante a Páscoa.

Uma produção envolta de muita paixão, amor e empenho são características que marcam uma grande apresentação tudo em nome do Senhor Jesus.

Confira abaixo a equipe técnica:

Direção Geral: Lusiana e Tássio.

Equipe Finanças: Elizete, Edilane e Severino Lucas.

Equipe Figurino: Edilane, Suênia, Izabel, Lusiana, Jhonatas, Jonny e Jaberlânye.

Equipe de Cenário e Efeitos Especiais: André, Tássio e Jhonatas.

Equipe de Apoio: Luana, Alberto, Raquelzinha, Jussara, Júnior, Alidemon, Pedro Júnior, Arnóbio, Marcus, Cristiano e Marcelo.

Narração da Abertura: Péricles.

Narração: Seminarista Jerônimo.

Gravação: Dewis Souza.

Elenco: 57 atores.

Da Redação

Com Leonardo Bezerra/Expresso PB

Estrada que liga Lagoa de Dentro a Jacaraú encontra-se em total estado de precariedade

Uma viagem desconfortável e longa é o que os passageiros que se deslocam de Lagoa de Dentro a Jacaraú passam pelo fato de que a alguns trechos da estrada encontra-se em total estado de precariedade.

São estudantes, feirantes, trabalhadores, pessoas que precisam viajar todos os dias, mas que infelizmente não tem uma viagem tranquila.

Verdadeiras crateras vulcânicas fazem do percurso uma verdadeira aventura, carros populares e ônibus tem que fazer malabarismos para desviarem dos buracos que aos poucos vão tomando conta de grande parte da estrada. Além do prolongamento da viagem e trepidações em excesso, é iminente o perigo de um acidente acontecer.

A situação se agrava quando fortes chuvas caem sobre a região e acaba aumentando ainda mais os transtornos das pessoas que se utilizam da estrada. Há de preocupar ainda mais, pois está chegando o outono e junto com a nova estação mais chuvas.

Não é a primeira vez que os passageiros sofrem com esses obstáculos enfrentando cotidianamente, e também não é a primeira vez que essa região é escanteada pelos políticos responsáveis. E assim todos os anos é a mesma situação e o mesmo transtorno.

Quem conhece os locais mais atingidos, sabe que é necessário um novo recapeamento do asfalto para que assim as pessoas possam ter uma viagem mais tranquila e os automóveis não sejam afetados pela falta de infraestrutura.

As pessoas viajam todos os dias, pagam caro em passagens e combustíveis, e recebem em troca o desprezo e abandono de pessoas que assumem ou pelo menos deveriam assumir um compromisso com a população. Pois vale salientar que estamos em ano eleitoral, e os nossos “exímios” políticos irão procurar a população em busca de votos.

Que os eleitores possam lembrar e cobrar dos mesmos uma solução. Ninguém aguenta mais tanto desconforto por um problema que pode e deve ser resolvido com extrema urgência.

Da Redação

Com Leonardo Bezerra/Expresso PB

É proibida a reprodução total ou parcial deste site. CNPJ: 10.962.007/0001-48