Duplo homicídio em Alagoa Grande pode ter sido ocasionado por dívida com drogas

duplo-homicidioUm duplo homicídio foi registrado na noite desta segunda-feira (04) na cidade de Alagoa Grande, no brejo paraibano. Dois jovens foram assassinados a bala na porta da Escola Manuel Barbosa de Lucena, no Alto do Cruzeiro.

Segundo informações da Polícia dois homens chegaram e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra as vítimas que não resistiram e morreram no local. No momento dos disparos as vítimas estavam consumindo drogas.

Familiares disseram a imprensa que os dois rapazes não tinham passagem pela polícia,mas que eram usuárias de drogas. A polícia trabalha com a hipótese de acerto de contas por dívida com o tráfico.

Os acusados fugiram a pé e adentraram em um matagal que fica por trás da escola. A policia realizou diligências mas não conseguiu identificar os elementos.

Na semana passada um tiroteio e duas tentativas de assassinado foram registrados na cidade de Alagoa Grande no mesmo dia.

Leia também: VIOLÊNCIA URBANA – Em Alagoa Grande, no brejo, a segunda-feira (28) foi de intensa violência com tiroteio e tentativa de assassinato

Da Redação
Do Expresso PB/Foto: Blog do Rildo

Acusado de duplo homícido em 2005 no sertão da PB é condenado a 38 anos de prisão, não se arrepende e diz: “Se pudesse matava de novo”

Na tarde da última sexta-feira (16), o Grupo Tático Especial da Polícia Civil de Sousa, realizou uma operação e prendeu um indivíduo acusado de duplo homicídio. A prisão aconteceu no bairro do Angelim.

Após investigações dos agentes da Polícia Civil, foi constatado que contra o agricultor Francisco João de Oliveira, 51 anos, mais conhecido como “Melão” residente no Sítio Mariana, Zona Rural do Lastro, existe um mandado de prisão pelo crime de duplo homicídio ocorrido no dia 18 de fevereiro do ano de 2005 na cidade do Lastro. O criminoso matou a facadas, os irmãos Damião Gomes Sarmento, 39 e José Gomes Sarmento, 37 anos.

Francisco João de Oliveira foi conduzido até a Delegacia de Polícia onde ficou a disposição do delegado Dr Leonardo Machado. Na delegacia, o acusado confessou que na época do crime, a discussão teria começado por causa do furto de um motor bomba. Armado com uma faca, o criminoso matou os dois indivíduos. Ele disse ainda que não se arrepende dos crimes que cometeu, e que se pudesse matava os dois novamente.

O acusado foi encaminhado até a Colônia Penal Agrícola do Sertão em Sousa, onde ficou a disposição da justiça. O agricultor foi condenado a 38 anos de reclusão em regime fechado.

Vítimas morreram no local (Foto: obeabadosertão)

Da Redação
Charley Garrido do DIÁRIO DO SERTÃO em Sousa

DUPLO HOMICÍDIO – Usuários de drogas são executados em João Pessoa. VEJA FOTO

Um duplo homicídio foi registrado, no final da tarde desta sexta-feira (12), no bairro Ernesto Geisel em João Pessoa, As vítimas, foram surpreendidas pelos disparos de arma de fogo, enquanto trafegavam em via pública, nas proximidades do Campo do Santos.

De acordo com testemunhas, um homem a pé, teria abordado Bruno e Álysson e efetuados os tiros. A dupla morreu no local do crime e o responsável pelo duplo homicídio teria fugido a pé, sendo auxiliado em seguida por um comparsa que estava em um carro.

Populares informaram na localidade, que as vítimas seriam usuárias de drogas e, com isso, a polícia investiga a hipótese de acerto de contas por envolvimento com o tráfico de entorpecentes.

Da Redação 
Com Portal Correio

Dois jovens são executados com vários tiros em Tibiri II

O pedreiro Vanderley Cícero da Silva, de 25 anos e o ex-interno do CEA, J.B.S, de 16 anos, que moravam na Rua14 de Julho em Tibiri II, foram executados com vários tiros na cabeça, na noite desta sexta-feira (07).

Dupla tinha envolvimento com drogas e roubos

Dupla tinha envolvimento com drogas e roubos

De acordo com o Cabo Freire, as vitimas estavam indo para suas residências de bicicleta, quando foram abordados por seis homens que estavam em três motos e dispararam vários tiros contra os dois.

A execução aconteceu na travesa da Rua Duque de Caxias com a Hermano Sá, no loteamento Jardim Europa II, também localizado bairro do Tibiri II, em Santa Rita.

Segundo informações da própria mãe, o adolescente era envolvido com o tráfico e roubo, inclusive, estava prestando serviço sócio educativo em uma repartição pública em Santa Rita.

Os corpos foram periciados e encaminhados para o GEMOL no Cristo Redentor.

Da Redação 
Com Wscom/Foto: Aguinaldo Mota

Bananeiras: Duplo homícidio é regitrado na zona rural da cidade

Com seis disparos, a maioria na cabeça, dois homens foram assassinados na zona rural da cidade localizada no brejo paraibano

Com seis disparos, a maioria na cabeça, dois homens foram assassinados na zona rural da cidade localizada no brejo paraibano

Por volta das 21h30 deste sábado (20), alguns disparos de arma de fogo foram ouvidos no Sítio Cana Brava, zona rural de Bananeiras, no brejo paraibano, próximo a um túnel histórico da cidade.

Já nas primeiras horas da manhã deste domingo (21) a Polícia foi acionada por um entregador de pão, que informou que dois homens estavam sem vida no interior de uma residência na comunidade rural.

Ao chegar ao local, a Polícia constatou que os homens assassinados tratam-se de Jobson Ramalho Ribeiro, 26 anos, conhecido como “Boby”, e João Miguel Souza Graciano, 40 anos.

Relatos de familiares dão conta de que a dupla ingeria bebida alcoólica na noite do sábado (20) e que eram amigos, apesar do pouco tempo que “Boby” morava na localidade.

Bob_bananeiras
Vítima Boby

A Polícia isolou o local e aguardou a chegada da perícia, que após trabalhar na cena do crime concluiu que “Boby” foi morto com quatro disparos, sendo um no peito esquerdo e três no rosto, enquanto que dois disparos, um na cabeça e outro no pescoço tiraram a vida de “João”. Os corpos foram encaminhados para o GEMOL em Guarabira.

Vítima  João

Vítima João

O Capitão Neves, comandante da CIA da área de Bananeiras, não descartou a possibilidade de que o crime tenha sido praticado por alguém que estivesse também no interior da casa. Porém a hipótese de execução não foi abandonada.

“João” foi encontrado na sala da residência e “Boby” no terraço. Ambos já cumpriram pena, sendo que “Boby” foi acusado de assassinar o próprio tio há alguns anos.

Da Redação
Com Nordeste1
É proibida a reprodução total ou parcial deste site. CNPJ: 10.962.007/0001-48