DEPOIS DE ENQUETE – Aumenta especulação do nome da Vereadora Maria de Zé Roberto para suceder Alcione em Alagoinha

Alcione e Maria de Zé Roberto

A enquete realizada na tarde de ontem (27) pelo Programa Em Cima da Hora da Rádio Cultura de Guarabira  na qual analisou o desempenhos dos Vereadores de Alagoinha nesse primeiro semestre de 2013 deu bastante repercussão e deve haver desdobramentos naquela cidade do brejo paraibano.

Pela enquete que obteve cerca de 70 ligações de ouvintes de várias localidades daquele município, a Vereadora Maria de Zé Roberto foi escolhida a mais atuante entre os nove parlamentares com acento na casa legislativa.

Na manhã desta quarta-feira (28) o assunto dominava as rodas de conversas da cidade e até onde o Expresso PB pôde apurar as especulações com o nome da Vereadora Maria de Zé Roberto começa  ganhar cotação alta na bolsa de apostas de que ela será a ‘ungida’ da prefeita Alcione e de seu grupo para sucede-la em 2016.

Para os aliados da Vereadora o clima era de comemoração, já para outros integrantes do grupo de situação e que tem a pretensão de ser indicada (o) a sucessão de Alcione o dia foi de reflexão e de repensar as estratégias.

Da Redação 
Do Expresso PB

EM ALAGOINHA – Prédio onde funcionou Núcleo de Promoção Humana vive abandonado e ocupado por sem tetos, denuncia blogueiro

Mais uma denúncia vinda da terra de Geraldo Beltrão chega a praça e começa a desmontar a imagem de “super gestão” que é passada na mídia pela prefeitura de Alagoinha, no brejo paraibano.

Desta vez o blogueiro e professor Damásio Júnior denunciou em seu blog o descaso da gestão municipal com o antigo Núcleo de Promoção Humana da cidade que hoje está abandonado e ocupado por sem tetos que fizeram do local moradia, sem que o poder público tomasse ao longo do tempo uma atitude se quer.

Confira a seguir a íntegra da denúncia do Professor Damásio publicada em seu blog (http://damasiojunior.blogspot.com.br/2013/08/alagoinha-pb-o-que-aconteceu-com.html?spref=tw):

ALAGOINHA-PB: O QUE ACONTECEU COM A PROMOÇÃO HUMANA?

Os alagoinhenses,na sua maioria, devem lembrar como era o Núcleo de Promoção Humana de Alagoinha -PB, e lamentar o que presenciamos hoje.

Quando criança e adolescente tive a oportunidade de conviver no ambiente do Núcleo de Promoção Humana e testemunhei a realização de cursos profissionalizantes, atividades para inclusão dos jovens e para integração dos idosos com cursos e atividades de lazer. O que acontece hoje?

Hoje, o prédio está esquecido, atividades não podem ser realizadas e alguns alagoinhenses abandonados pelo poder público sobrevivem no antigo Núcleo de Promoção Humana sem condições de uma vida digna e até de forma desumana ,quem diria onde era promovida a questão humana, hoje, temos pessoas vivendo sem às minimas condições de humanidade. Por favor, façam algo pelo alagoinhenses que vivem neste prédio em situação precárias.

Não adianta derrubar e reformar prédios públicos, não adianta construir sem oferecer serviços adequados ao povo e deixar famílias vivendo em ambiente cuja condições de vida são desumanas.

Vamos exigir que os responsáveis apliquem recursos para melhorar a vida dos alagoinhenses,vamos pedir que habitações sejam doadas para estas famílias que vivem por muitos anos em condições desumanas no antigo prédio onde funcionava o Núcleo de Promoção Humana de Alagoinha-PB.

Vamos lutar para que o social seja prioridade em Alagoinha-PB. Nosso povo precisa de mais atenção e merece carinho.

Com a palavra a Prefeitura de Alagoinha.

Da Redação 
Do Expresso PB

VEJA FOTO – Acidente grave deixa vítima fatal em Alagoinha/PB

Por volta das 21h30 desta quarta-feira (14) um grave acidente com um veículo Fiat UNO de placas  KJL 1744 – Natal, deixou uma vítima fatal.

Segundo informações do repórter Feliciano Silva, da Rádio Rural de Guarabira, o acidente vitimou Rafael Andrade de Souza, 17 anos, mais conhecido com Rafinha e deixou outras três pessoas feridas.

As informações dão conta que o veículo que vinha de Canafístula de Alagoa Grande perdeu o controle e capotou do lado esquerdo da estrada após tentar fazer uma ultrapassagem. A equipe do SAMU foi acionada mais já encontrou a vítima sem vida e com a cabeça esmagada.

A vítima morava na Rua Irene Martins, no Centro de Alagoinha.

Da Redação 
Com Nordeste1/Fotos: Cristiano Alves

OLHO DO FURACÃO – Prefeita de Alagoinha silencia no caso do Conselho Tutelar, assim como fez com o caso do Matadouro

A Prefeita de Alagoinha, Alcione Maracajá, ainda não falou oficialmente sobre o caso, repercutido na imprensa regional, do Conselho Tutelar onde o Secretário de Administração do município, por ordem da gestora, lacrou a sede do referido conselho alegando que os conselheiros atuais não teriam  mais direito de exercer seus cargos por que foram vencidos as portarias no último dia 02 de Agosto de 2013.

Leia mais: Prefeitura de Alagoinha-PB fecha sede do conselho tutelar e justiça manda reabrir urgente!

A juíza reagiu rápido e determinou a reintegração de posse da sede do órgão a quem de direito, os conselheiros, mas a Prefeita até então não se pronunciou sobre o assunto, nem mesmo a mídia falada, com raras exceções, falou do assunto na região.

Assim como fez com o caso do Matadouro Público que encontra-se em estado de penúria e abandono, a Prefeita preferiu silenciar a vir a público esclarecer o que de fato aconteceu para que a mesma, tida como uma das gestoras mais democráticas da região, quem sabe até do Brasil, tomasse essa atitude ditatorial, na opinião dos conselheiros.

Leia mais: DESCASO – Matadouro sem estrurura e falta de higiene no abatimento de bovinos coloca em risco saúde da população de Alagoinha/PB

No caso do Conselho Tutelar, a Presidente Gilvaneide de Lima disse ficar perplexa com a atitude da gestora e  a perplexidade foi justamente por nunca imaginar tal atitude de Alcione.

A Prefeita de Alagoinha bem que poderia dar uma explicação a opinião pública e a seus munícipes pelo a impensada ação.

Da Redação 
Do Expresso PB

Prefeitura de Alagoinha-PB fecha sede do conselho tutelar e justiça manda reabrir urgente!

Após o secretário de administração José Félix de Brito lacrar as portas do Conselho Tutelar de Alagoinha-PB, pegando os conselheiros de surpresa, a mando da prefeita Alcione Beltrão, e alegando que os conselheiros atuais não terem  mais direito de exercer seus cargos por que foram vencidos as portarias no último dia 02 de Agosto de 2013, a meritíssima juíza  da comarca local, Inês Cristina, determinou que fosse reaberto  imediatamente a casa dos conselheiros visto que,  mesmo depois do prazo de gestão dos membros  eles devem  permanecerem no cargo, porque a eleição do conselho tutelar da cidade foi cancelado por determinação judicial e sem data prevista para acontecer.

Alcione Beltrão, prefeita de Alagoinha

A presidente do Conselho Tutelar atual Gilvaneide de Lima Filiciano, disse a equipe de reportagem que foi pega de surpresa tanto ela quanto os demais membros do conselho tutelar. Gilvaneide disse que não tem nada contra a prefeita Alcione  e nem ninguém, porém não pode ser colocada pra fora do conselho dá forma que a prefeita está agindo, deixando todos constrangidos e tratados com desumanidade, a prefeita Alcione tem de respeitar nós conselheiros e a sociedade até porque fomos eleitos assim como ela pelo povo.

A  equipe de reportagem chegando lá viu de perto as instalações do conselho tutelar de Alagoinha e ficou estarrecida, paredes com os rebocos caindo, infiltrações, quintal tomado por mato, a fossa aberta com vários focos do mosquito Aedes aegypti, (DENGUE), sem condições humanas nenhuma de se trabalhar naquele local.

A  equipe de reportagem ainda tentou um contato com a prefeita da cidade via telefone celular, mais infelizmente estava desligado. Com a palavra a rainha da cidade maravilhosa Alcione Beltrão para mostrar que sua cidade é esse verdadeiro mar de rosas que ela e seus assessores tanto colocam na mídia paraibana.

Da Redação
 Com Matéria do Blog do Jean Ganso
É proibida a reprodução total ou parcial deste site. CNPJ: 10.962.007/0001-48