ExpressoPB

Violência pela PB: Jovem é encontrada morta dentro de açude em CG e sargento reformado mata cantor no sertão


A violência continua aumentando as estatísticas da criminalidade no estado da Paraíba. Neste sábado (07) dois crimes atraíram as atenções da polícia, um na cidade de Campina Grande e outro na cidade de Sousa, no sertão do estado.

Em Campina Grande, uma jovem de 17 anos foi encontrada morta, no final da tarde, no açude Silveirinha, no conjunto Três Irmãs.

De acordo com informações do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) do Corpo de Bombeiros, a jovem apresentava um quadro depressivo e já foi encontrada sem vida, mas a causa da morte, no entanto, não foi confirmada.

Os soldados do Corpo de Bombeiros só conseguiram fazer a retirada do corpo na manhã deste domingo (8) e o levaram para ser necropsiado no Instituto Médico Legal (IML).

O horário e local do sepultamento não foram divulgados.

Na cidade de Sousa,  distante 438km de João Pessoa, um sargento reformado da Polícia Militar matou a tiros um cantor em uma praça localizada no distrito de São Gonçalo também no fim da tarde do sábado (07). Segundo a PM local, a vítima, que já cumpriu pena por homicídio, discutiu com o ex-militar enquanto ambos ingeriam bebida alcoólica.

Após atirar contra o cantor, o ex-PM fugiu e não foi localizado até o fechamento desta matéria. A motivação para a discussão ocorrida não foi apurada pela polícia.

De acordo com policiais que registraram o fato, a vítima costumava se apresentar em bares da região, mas estava há certo tempo afastada da atividade.

Da Redação 
Do ExpressoPB

Artigos relacionados

Orgy