ExpressoPB

Ministro Fachin decreta prisão de Joesley e Saud, delatores da JBS


O ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), acatou o pedido de prisão dos delatores Joesley Batista e Ricardo Saud, da JBS, segundo apurou a Folha.

Aa prisões são temporárias. Não há ainda previsão sobre quando serão efetuadas pela Polícia Federal.

Segundo a Folha apurou, Fachin teria negado estender a medida ao ex-procurador Marcelo Miller.

Os pedidos de prisão dos três foram feitos pelo procurador-geral, Rodrigo Janot na sexta (8).

Da Redação Folha

Artigos relacionados

Orgy