ExpressoPB

Com hastag #ToComLula liderando no twitter, termina depoimento de Lula a Moro


Com duas horas e dez minutos de duração, o interrogatório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegou ao fim às 16h26 desta quarta-feira (13). Foi o segundo encontro presencial entre o petista e o juiz federal Sergio Moro, que comanda os processos da Operação Lava Jato na primeira instância –a primeira audiência, em 10 de maio, levou quase cinco horas.

Leia também: No twitter #ToComLula lidera o assunto 

Na audiência desta quarta, Lula respondeu pelas suspeitas de participar de um esquema de corrupção envolvendo oito contratos entre a empreiteira Odebrecht e a Petrobras. Ainda não se sabe o conteúdo do depoimento, que só será divulgado quando a Justiça Federal publicar o termo de audiência, uma ata com os presentes no local e determinações de Moro –o termo só é feito quando encerrada a audiência.

O juiz manteve o segundo interrogatório do dia, de Branislav Kontic, ex-assessor do ex-ministro Antonio Palocci. Por isso, levará mais tempo para que os vídeos do interrogatório de Lula sejam divulgados.

As audiências não têm limite de tempo, mas, neste processo, duraram no máximo seis horas. Foi o que aconteceu no primeiro dia de interrogatórios, quando as falas de Marcelo Odebrecht, ex-presidente da Odebrecht, e Paulo Melo, ex-diretor da empreiteira, duraram cerca de seis horas, no total, chegando às 20h do dia 4 de setembro. Marcelo foi interrogado por cerca de três horas e meia e Melo, por pouco mais de uma hora. O interrogatório de Demerval Gusmão, dono da DAG Construtora, durou quase duas horas em 6 de setembro.

Da Redação
Com UOL

Artigos relacionados

Orgy