ExpressoPB

Nos braços do povo: Vice-prefeito de Bayeux chega a câmara para posse como titular carregado por aliados


O vice-prefeito de Bayeux, Luiz Antônio (PSDB), foi empossado, na tarde desta quinta-feira (6), durante sessão na Câmara de Vereadores da cidade e anunciou medidas emergenciais que serão adotadas na Prefeitura.

Ao chegar à Câmara, carregado por correligionários, Luiz Antonio disse que nos últimos meses a máquina pública registrou um “inchaço” de 60%.

“Eu sei que vai doer muito na carne dos cidadãos de Bayeux, mas vai ser necessário”, afirmou Luiz Antônio.

Em seu discurso de posse ele garantiu livre acesso do Ministério Público e Polícia Civil à Prefeitura de Bayeux.

“Posse é momento de festa, mas a decepção e a frustração tomam conta de toda cidade. Estou chocado, assim como todos. Sou prefeito interino e sei da minha responsabilidade”, disse.

O gestor interino abriu mão do aumento salarial concedido ao prefeito e secretários. O que, segundo ele, resultará em uma economia anual de R$ 1 milhão.

Luiz Antonio ainda anunciou que vai devolver todos os carros locados pela Prefeitura. “Secretários e prefeito usarão seus carros para trabalhar”, afirmou.

Ele ainda suspendeu pagamento de fornecedores até que todos os contratos sejam organizados com “máxima transparência”.

As dependências da Casa foram tomadas por moradores que acompanharam de perto a posse do tucano.

A ascensão de Luiz Antônio ao cargo de prefeito acontece um dia após o prefeito Berg Lima (Podemos) ser preso em flagrante acusado de  cobrar e receber propina de um empresário que fornece alimentação a rede de saúde municipal.

Da Redação
Com MaisPB

Tagged with:

Artigos relacionados