ExpressoPB

Alagoa Grande foi a cidade que mais choveu na região; rios cheios e águas transbordando


A região do Brejo paraibano está vivento dias de intenso inverno. Diversas cidades registraram índices pluviométricos que já fazia muito tempo que não se via. Os rios que cortam os municípios tomaram água e arrastaram o que encontraram pela frente.

De acordo com dados das precipitações pluviométricas, divulgados pela Agência de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), o município que mais choveu nas últimas 24h foi Alagoa Grande com 116 milímetros. Em Guarabira, maior cidade da região, choveu mais de 100 milímetros.

Leia também: Rio transborda, encobre ponte e interrompe trânsito e passagem de pedestre em Guarabira, no Brejo

Nas redes sociais, os internautas postaram fotos e vídeos da chuva e rios e córregos com bastante água. Não há registro de açude sangrando ainda com as chuvas caídas.

No Brejo, por causa da estiagem prolongada, diversas cidades estão submetidas a severo racionamento e pelo menos seis municípios estão em colapso total no abastecimento, a exemplo de Araruna, Cacimba de Dentro, Dona Inês, Tacima, Damião e Riachão, abastecidos pela barragem de Jandaia, que secou.

Confira volume de chuvas em algumas cidades

Alagoa Grande – 116,6 mm
Alagoa Nova – 94,5 mm
Alagoinha – 96,5 mm
Arara – 45,1 mm
Araruna – 82,4 mm
Araçagi – 90,1 mm
Bananeiras – 75,2 mm
Borborema – 81,0 mm
Caiçara – 37,1 mm
Tacima – 29,3 mm
Dona Inês – 74,6 mm
Damião – 56,5 mm
Gurinhém – 102,0 mm
Guarabira – 103,0 mm
Ingá – 100,2 mm
Juarez Távora – 108,0 mm
Logradouro – 56,5 mm
Mari – 86,1 mm
Pilões – 97,5 mm
Sapé – 73,4 mm
Serraria 101,4 mm
Sertãozinho – 82,7 mm
Solânea – 70,0 mm

Da Redação 
Com Portal 25 Horas

Artigos relacionados

Orgy