ExpressoPB

Aguinaldo cobra lealdade da bancada à Temer e Anastácio rebate: “não tem moral para pedir lealdade a ninguém”


O deputado o estadual Frei Anastácio (PT), bem ao seu estilo, desbancou o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP), após saber que o líder do governo na Câmara dos Deputados havia cobrado lealdade aos parlamentares da base governista quanto à negação da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB). Para o petista, Aguinaldo que traiu a presidente Dilma Rousseff (PT) não tem moral para nada.

Segundo ele, Aguinaldo que já foi Ministro das Cidades no Governo da presidente Dilma Rousseff, bem como líder do seu partido, em uma articulação feita pelo Governo anterior, brandeava aos quatro cantos lealdade a Dilma, até minutos antes do processo de impeachment na Câmara dos Deputados, mas no momento da votação traiu a presidente numa articulação que culminou no seu ver no golpe que a tirou do poder.

Neste âmbito, Frei considera que o atual líder do governo na Câmara dos Deputados (Aguinaldo Ribeiro) que havia cobrado lealdade aos parlamentares da base governista quanto à negação da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), não tem moral para fazer tal apelo. “É um desmoralizado!”, disse numa emissora de rádio, em referência a Ribeiro.

Da Redação
Com Pbagora

Artigos relacionados