ExpressoPB

“A política não é como imaginei”, diz vereadora Marilene Rufino de Mari/PB em entrevista a emissora de rádio


A vereadora da cidade de Mari, Zona da Mata da PB, Marilene Rufino concedeu entrevista ao Programa Liberdade de Expressão da Rádio Araçá FM na manhã desta quinta-feira (13) para avaliar seus primeiros seis meses de mandato na Casa José Paulo de França.

A parlamentar, que está em seu primeiro mandato, disse que imaginava a política de uma forma diferente, mas que quem está envolvido no processo político sabe que não é como se imagina. “A política não é como se imagina, pensamos que no mandato podemos resolver todos os problemas, mas não podemos”, avaliou.

Questionada pelo radialista Marcos Sales sobre os comentários de que esta seria a pior legislatura nos últimos anos da Câmara de Mari, Marilene reagiu com veemência e disse que o trabalho parlamentar não se dar apenas dentro do plenário e citou o exemplo do seu trabalho  nos bairros. “Falo por mim, sei que o trabalho não se dá apenas no plenário da câmara, estou reunindo as comunidades, ouvindo as reivindicações, como foi no Bairro Procanor, tomamos nota das cobranças e levamos para a Câmara para debater e reivindicar do executivo”, disse.

O seu trabalho na área social também foi discutido quando a comunicadora Mayara Paiva questionou o fato de alguns vereadores eleitos virem da área da saúde, como é o caso da própria Marilene. “Sempre fiz esse trabalho que vem do tempo de meu pai e a ausência de uma saúde boa fez com que as pessoas procurassem alternativas por conta própria e ai nos procuravam para que com nosso conhecimento pudêssemos encaminhar as demandas e isso ajudou muito no sentido das pessoas reconhecerem esse nosso trabalho”, analisou.

Marilene de Chico Corretor, como é conhecida, falou de inúmeros requerimentos de sua autoria e projetou muitos outros para o próximo período legislativo.

Sobre a gestão do Prefeito Antonio Gomes, Marilene disse que o projeto de mudança apresentado pelo prefeito começa a ser implantado, mas precisa focar na geração de emprego e renda: “vereador não dá emprego, vereador fiscaliza o executivo e legisla para melhorar a vida das pessoas, portanto, o poder executivo precisa estudar uma maneira de criar essas políticas públicas”, aconselhou ao mesmo tempo que enalteceu o que já vem sendo realizado pelo Prefeito de Mari.

A parlamentar respondeu perguntas dos ouvintes e reafirmou seu compromisso com os anseios da comunidade, sempre ao lado dessa mudança sonhada em campanha: “eu tenho lado, estou do lado da mudança, essa foi a nossa estratégia da campanha, por isso que lutaremos ao lado do nosso prefeito e de todos os que almejam construir essa mudança em nossa cidade”, finalizou Marilene Rufino que estava acompanhada do esposo, Fábio Contador, da mãe, Dona Neuza Rufino e de alguns amigos.

Da Redação 
Do ExpressoPB

 

Artigos relacionados

Orgy