ExpressoPB

Azevedo diz que PSB tem projeto para a PB e que faz parte dele


O processo eleitoral de 2018 é mesmo um assunto que só será discutido no próximo ano dentro do PSB. Pelo menos é o que diz o secretário de Estado de Infraestrutura, e possível indicado para a disputa, João Azevedo. Segundo o auxiliar de Ricardo Coutinho, o foco atual continuará sendo a gestão.

Apontado como um provável sucessor de Ricardo Coutinho, João Azevedo prefere manter-se na administração das obras de infraestrutura do estado e ressalta que o debate sobre a sucessão do governador ainda não teve início dentro do PSB e lembra que novas diretrizes para o próximo pleito estão sendo votadas em Brasília. “Essa discussão interna não começou ainda porque sequer as regras para 2018 estão claras. Está sendo votada uma reforma eleitoral na legislação. Imaginemos se houver o fim das coligações. Será um outro cenário”, especulou o secretário.

Ainda de acordo com João Azevedo, diante desse quadro, qualquer atitude que venha a ser adotada agora corre o risco de ser perdida. “Até 30 de setembro deste ano, nós não temos a mínima condição de discutir e nem de se colocar esse assunto em ‘pratos limpos'”, declarou. O secretário acredita que o projeto desenvolvido pelo PSB e pelo governador Ricardo Coutinho precisa continuar e destacou que faz parte dele. “Eu faço parte desse projeto desde 2005. Construindo esse projeto desde 2005, então a disputa pra mim é um processo que pode ser natural”, argumentou.

O secretário afirmou ainda que uma candidatura sua não se trata de uma decisão pessoal, mas sim do posicionamento de um colegiado que irá dialogar e debater a respeito do tema. “isso é um trabalho de um conjunto de pessoas que, no momento certo, vão discutir e traçar esse perfil, concluiu João.

Da Redação
Com Pbagora

Artigos relacionados