ExpressoPB

TRE-PB: quatro juízes votam pela improcedência de ação contra Cássio Cunha Lima


 (Foto: Bruno Lira)

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) retomou nesta segunda-feira (15)  o julgamento da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) contra o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2014, em que o tucano saiu derrotado na disputa do Governo do Estado. Quatro juízes já votaram pela improcedência da ação.

A ação foi impetrada pela coligação encabeçada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) sob a acusação de que representantes da Polícia Militar e Sindifisco teriam supostamente induzido seus membros a votarem em Cássio nas eleições.

O julgamento da ação começou na segunda-feira da semana passada e o relator, desembargador Romero Marcelo, votou pelo desprovimento do processo. O voto do magistrado foi acompanhado pelo do juiz Márcio Maranhão. Em seguida a juíza Micheline Jatobá pediu vistas.

O julgamento foi retomado nesta segunda-feira (15) com o voto da juíza pela improcedência. O juiz Breno Wanderley também acompanhou o voto dp relator desprovendo a ação. O próximo juiz a votar é Emiliano Zapata, mas o magistrado pediu vistas.

O julgamento será retomado na sessão da próxima segunda-feira (22). Também falta votar o juiz Antônio Carneiro.

Da Redação 
Com Blog do Gordinho

Artigos relacionados