ExpressoPB

Oposição de Cuitegi/PB denuncia valor da taxa de iluminação pública e aponta os reais beneficiados com medida


A sessão da Câmara Municipal de Cuitegi, brejo da PB, na última sexta-feira (12) foi um verdadeiro ato de protesto dos vereadores de oposição contra a implantação da taxa de iluminação pública nas contas de energia da população cuitegiense.

Segundo os líderes da ‘rebelião’ contra a gestão do Prefeito Guilherme Madruga, a taxa de iluminação pública de Cuitegi é maior que a de Guarabira e cidades de maior porte, causado uma verdadeira revolta na população.

O Vereador Vivaldo, um dos poucos que sobrou na linha de frente da oposição, distribuiu panfleto com uma carta aberta a população e detonando com os parlamentares que autorizaram a cobrança, no apagar das luzes da legislatura anterior.

No panfleto, aparecem os parlamentares que votaram pela implantação da taxa de iluminação e os benefícios que supostamente eles teriam recebido.

Consta os nomes a seguir:

Willame Lima – atual secretário de infraestrutura, vereador afastado;

Delma Amorim – atual Secretária de Ação Social;

Doca – Atual Secretário do Meio Ambiente;

Zé da Padaria – Líder do prefeito na Câmara;

Marivaldo Moura – Atual vereador;

Rosinete Meireles – Ex-vereador, irmã do atual presidente do legislativo;

Dida – Atual Secretário de Saúde.

Apesar de toda essa polêmica na cidade, o Prefeito Guilherme Madruga não se pronunciou ainda sobre o assunto, enquanto isso ha uma insatisfação generalizada com a gestão atual.

Da Redação
Do ExpressoPB 

Artigos relacionados

Orgy