ExpressoPB

“Nunca vi fantasma nenhum”, diz Dilma sobre Palácio da Alvorada


Ex-presidente ironizou comentário de Temer, que afirmou sentir “uma coisa estranha” lá

A ex-presidente Dilma Rousseff comentou a declaração do presidente Michel Temer, que afirmou à revista Veja que desistiu de morar no Palácio da Alvorada porque “sentiu uma coisa estranha”. “Será que tem fantasma?”, chegou a questionar, entre risos.

“Morei lá e nunca teve nada disso não. Nunca vi fantasma nenhum. Aliás, o meu neto ficou lá dos seis meses aos seis anos e também nunca caiu”, disse Dilma, que ocupou o Palácio entre 2011 e setembro de 2016.

As declarações de Dilma Roussef foram feitas em Lisboa, onde a ex-presidente participa nesta quarta-feira (15) de uma conferência sobre neoliberalismo e democracia organizada pela Fundação José Saramago. A ex-presidente comentou a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de vetar menções a Aécio Neves (PSDB) em delação de um ex-executivo da Odebrecht. “O que é que você acha? Durante muito tempo, só existia no Brasil um partido complicado no Brasil: o PT. Em todos os outros, uma auréola. Só faltava nascer asas nos respectivos representantes”, disse.

Ela reafirmou seu apoio a uma eventual candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas descartou que vá ocupar algum cargo num possível futuro governo. “Eu não quereria [assumir um cargo]. Eu tenho 70 anos, acho que isso é pra gente mais nova do que eu.”

Morei lá e nunca teve nada disso não”, disse Dilma sobre ‘fantasmas’ no Palácio da Alvorada

“Será que tem fantasma?”, diz Temer comentando saída do Palácio da Alvorada

Em entrevista para a revista Veja, Temer revelou o que o incomodava no Palácio da Alvorada, a ponto de voltar com a família para o Jaburu depois de apenas uma semana na residência presidencial.

“O Palácio da Alvorada tem um monte de quartos, uns oito, todos muito grandes. Tudo muito amplo, bonito. Mas senti uma coisa estranha lá. Eu não conseguia dormir, desde a primeira noite. A energia não era boa. A Marcela sentiu a mesma coisa. Só o Michelzinho, que ficava correndo de um lado para outro, gostou. Chegamos a pensar: será que tem fantasma? (risos).”

Temer desistiu de morar no Palácio da Alvorada no começo de março, retornando com sua família ao Palácio Jaburu, residência oficial da Vice-Presidência da República, onde mora desde 2011.

Até a revelação da entrevista, os assessores presidenciais diziam que ele não se adaptou ao palácio, de grandes proporções. Segundo eles, ele tem preferência pelo Jaburu, local mais aconchegante e com um estilo mais parecido ao de uma residência.

Da redação

Com Jornal do Brasil

Artigos relacionados

Orgy