ExpressoPB

Violência: Levantamento contabiliza 7 assassinatos no sertão, cariri, agreste e na Grande JP


Da sexta-feira (17) até o início da manhã deste sábado (18) tem registrado uma área policial bastante movimentada com destaque para vários assassinatos, sobretudo no interior do estado da Paraíba, conforme rápido levantamento feito pela editoria do ExpressoPB.com.

Na manhã da sexta-feira (17) na cidade de São Bento, alto sertão, o albergado Damião Sousa da Silva, de 48 anos, foi executado com pelo menos dez disparos de arma de fogo, no meio da rua, quando voltava para casa.

De acordo com informações policiais, a vítima havia saído do albergue por volta das 5h da manhã e quando já se aproximava da casa onde um homem, em uma moto, ainda desconhecido, se aproximou e efetuou os tiros.

O albergado não reagiu e morreu na hora. O corpo foi encaminhado ao IML de Patos. Já o acusado foragiu e não foi identificado. A investigação do caso será feita pela Polícia Civil e a primeira tese é de acerto de contas.

Em Campina Grande, a polícia ainda sabe quem assassinou Genival Alves Nicolau, de 85 anos. O idoso foi encontrado morto dentro da sua residência, com vários golpes de faca.

Conforme o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), a cuidadora da vítima chegou ao local e estranhou o fato das portas ainda estarem fechadas. Após chamar várias vezes, ninguém as abriu.

Ela decidiu entrar pelo telhado e avistou o idoso no chão. Familiares dele explicaram que ele guardava uma quantia em dinheiro em casa, a perícia fez buscas na casa e constatou que o valor não foi levado.

A polícia não sabe a motivação ou autoria do crime.

No início da tarde, também na sexta, um homem, ainda não identificado, foi executado no bairro de Marcos Moura, em Santa Rita.

A vítima estava na Praça do CT, quando foi interceptada por uma dupla de moto, que desferiu vários disparos e fugiu. No local ninguém quis falar sobre o crime.

A polícia foi acionada, realizou buscas, mas ninguém foi preso.

A noite, na cidade de Caaporã, Litoral Sul, um homem identificado como Anderson Jorge da Silva, 27 anos, conhecido como “Dedê”, foi morto com vários tiros, na comunidade Cangote da Burra.

De acordo com informações de familiares, a vítima estava se recuperando de uma tentativa de homicídio, ocorrida no início do ano, onde duas pessoas morreram e ele foi baleado. “Ele iria fazer mais uma cirurgia para retirar uma bala que estava alojada, no ano passado ele sobreviveu a uma tentativa de homicídio e esse ano escapou de outra, só que dessa terceira vez ele não escapou”, disse um parente.

Ainda há informações que Anderson Jorge foi morto com cerca de 10 tiros. Porém, o fato não foi confirmado oficialmente pelos peritos.

Na madrugada deste sábado (18) em Alcantil, no cariri, um homem foi assassinado enquanto dormia. De acordo com o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), Severino Paulo de Lima, de 22 anos, era albergado e foragido da Justiça.

Ele foi executado com um tiro de calibre 28 e vários golpes de facão na cabeça, pés e pernas. Após gritar, a companheira dele também foi ferida nas pernas com os golpes e socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

A irmã dela revelou à polícia que ouviu um barulho forte quando alguém invadiu a residência pela porta da cozinha e foi até o quarto onde o casal dormia. Segundo ela, houve um barulho posterior provocado por um tiro de espingarda soca soca.

Até o momento nenhum suspeito foi detido.

Em Natuba, no agreste, um homem foi assassinado também na madrugada. O crime aconteceu dentro de um bar, quando Samuel Correia da Silva, 24 anos, foi esfaqueado várias vezes.

Nenhum suspeito do crime foi preso por enquanto.

Em Juazeirinho, no cariri, um homem identificado por João Bosco Cristóvão dos Santos, 36 anos, foi assassinado com três tiros na cabeça em frente à Escola Estadual Marechal Almeida Barreto. De acordo com as informações repassadas pela Polícia Militar, a vítima era ex-presidiário.

Segundo informações de populares, disparos foram ouvidos durante a madrugada, mas o corpo da vítima só foi encontrado por volta das 5h30, em frente ao educandário.

Até o momento nenhum suspeito do assassinato foi identificado.

Da Redação 
Do ExpressoPB/Informações de Portais

 

Artigos relacionados

Orgy