ExpressoPB

FENACOM se reúne com ministro e pede proteção à imprensa após ameaças a apresentador da Arapuan


A FENACOM, Federação Nacional dos Comunicadores, entidade que congrega profissionais da imprensa de diversas segmentos em todo país, sobretudo jornalistas, radialistas e blogueiros, se reuniu na tarde desta quinta-feira (16), com Gilberto Kassab, Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, em busca de apoio e proteção para os profissionais da imprensa que são vítimas de crimes de ameaça em todo o Brasil.
O presidente da entidade, o Jornalista Fábio Camilo, acompanhado do Deputado Federal paraibano Rômulo Gouveia, discutiram pautas importantes para os comunicadores. A FENACOM quer que todo crime de ameaça de morte contra profissionais da imprensa, sejam investigados pela Polícia Federal.

Fábio Camilo pediu o apoio do Ministro ao PL 329/2016, de autoria do Senador Acir Gurgacz, que atendendo um pedido da FENACOM, propôs a alteração na “Lei nº 8.072, de 25 de julho de 1990, para inserir no rol dos crimes hediondos, o homicídio praticado contra jornalista, em razão de sua profissão”.

Na Paraíba, o apresentador do programa Cidade em Ação da TV Arapuan, Washington Luis e o repórter David Martins foram ameaçados ao vivo, na quarta-feira (15), durante uma entrevista na Central de Polícia de João Pessoa.

O acusado de assaltos chamou o repórter de ‘robozinho de Washington’ e afirmou que os bandidos estariam ‘fechando o cerco’ para os jornalistas em uma ameaça velada à integridade física dos comunicadores.

Demonstrando preocupação com a situação de insegurança em que vivem os profissionais da imprensa em vários locais do Brasil, o presidente da FENACOM relatou casos de violência contra jornalistas, radialistas e blogueiros, ocorridos em vários locais do país e encaminhou documento com estatísticas de crimes cometidos contra profissionais da imprensa, e dentre os casos citados está o assassinato do radialista paraibano Ivanildo Viana, morto a tiros na tarde de 27/02/2015, no Km 80 da rodovia federal BR-101, no município de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa, estado da Paraíba, crime até hoje sem solução.

A FENACOM é uma entidade jovem, fundada em setembro de 2016, entretanto, já está presente em quase todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, imprimindo marcas importantes na defesa dos profissionais da imprensa brasileira.
“Nosso objetivo é defender os comunicadores, sobretudo os profissionais da imprensa, não apenas os grandes, mas sobretudo os que vivem nos rincões do nosso Brasil. Desde a selva de pedras como as grandes capitais, até os pequenos e distantes municípios, lá estará a FENACOM, defendendo a liberdade de imprensa e de expressão”, disse Fábio Camilo.
Fábio Camilo solicitou ao Ministro Gilberto Kassab, que viabilizasse uma audiência com o presidente Michel Temer, onde esta mesma pauta deverá ser tratada.

Redação
Com Assessoria

Artigos relacionados

Orgy