ExpressoPB

Bruno cita Edmundo para defender a chance de voltar a jogar


O desejo de limitar-se a falar de futebol marcou as primeiras palavras de Bruno como jogador do Boa Esporte. Em entrevista coletiva organizada às pressas, na manhã desta terça-feira, pelo clube, o jogador de 32 anos fugiu de perguntas sobre o impacto da repercussão no “caso Eliza Samudio”, e mostrou gratidão ao falar do clube mineiro abriu espaço ao seu futebol depois de ele passar sete anos na cadeia:

– O objetivo do Boa Esporte é subir pra Primeira Divisão. O homem pode fazer planos, projetos, minha palavra é sempre de Deus. Chego para ajudar.

Em seguida, Bruno agradeceu a iniciativa da cúpula do Boa Esporte:

– Cara, eu acho que pelos presidentes que tem aqui. Foram pessoas preparadas que Ele colocou pra mim aqui. Deus é assim, colocou pra me ajudar, parabéns ao presidente Rone (Moraes) pela ajuda. Graças a Deus, quero retribuir tudo.

A apresentação foi marcada pela repercussão negativa ao Boa Esporte. Não houve banners atrás dele, que estava ao lado do presidente do clube, Rone Moraes.

O goleiro afirmou que será uma responsabilidade ainda maior retornar ao futebol:

– A responsabilidade vai ser grande. Se o Bruno falhar, vão cobrar. Se for bem, vão cobrar também.

Bruno ainda revelou que contou com muita força, principalmente da atual esposa, Ingrid, para não desistir de sua trajetória no futebol. O goleiro foi condenado a 22 anos e três meses de prisão por sequestro, morte e ocultação de cadáver de Eliza Samudio. Saiu em 24 de fevereiro, graças ao STF, que o autorizou a aguardar o recurso do processo em liberdade:

– Pessoas, como minha esposa, não aceitavam de forma alguma que eu encerrasse a carreira. Ela foi quem mais me motivou.

Questionado se está preparado para voltar ao futebol, Bruno citou exemplos para dizer que está confiante em retomar sua carreira:

– Meu exemplo não é único. Tem exemplos de jogadores, assim como Edmundo, cantores… Pressão vai existir, mas o que importa é referente à amizade, não à quantidade.

O goleiro ainda falou que tem seus planos uma volta à Seleção Brasileira:

– Vou dar o meu melhor aqui. Vou me dedicar. Vou deixar isso acontecer naturalmente.

Após a coletiva, Bruno posou com a camisa do clube mineiro, que ainda trazia os antigos apoiadores. O presidente do Boa Esporte, Rone Moraes, revelou que Bruno assinou por dois anos com o clube.

Da redação 

Com PBAgora

Artigos relacionados

Orgy