ExpressoPB

RC não confirma privatização, mas abrirá diálogo para definir posição do Estado sobre Cagepa


O governador Ricardo Coutinho, do PSB, se pronunciou, nesta sexta-feira (24), pela primeira vez, sobre a polêmica em torno da privatização ou não da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba e disse que precisa de tempo para avaliar os prós e os contras da decisão.

Ele disse que irá conversar com setores da sociedade para avaliar os impactos de uma decisão, mas antes vai colher os dados, dialogar com quem for necessário para só então poder se pronunciar publicamente.

“Eu vou falar sobre isso daqui a alguns dias. Vou falar com bastante propriedade, eu só peço a vocês que deem um pouco de tempo. Vou me pronunciar sobre o conjunto de medidas, sobre a companhia de água e esgoto da Paraíba. Eu só peço alguns dias porque estou colhendo uma série de dados, estou dialogando com alguns setores, enfim para que eu possa tornar pública a posição do governo do estado”, disse.

A informação sobre a suposta venda da estatal ganhou força depois de matéria publicada pelo jornal O Globo, dando conta da disputa entre grupos habilitados para contratar estudos técnicos em 20 companhias estaduais, entre elas, Cagepa.

Segundo o líder do Governo, Hervázio Bezerra (PSB), existe uma imposição por parte do governo federal para que os Estados privatizem bancos, companhias de energia e também de água para poder liberar financiamentos e abrir concessões para as entidades da federação. Caso isso não ocorra, os governos estaduais teriam que arcar com as consequências.

Da Redação 
Com  PB Agora 

Artigos relacionados