• Início
  • Articulistas
  • Quem somos
  • Contato
  • Vereador torna público condenação do Prefeito de Solânea/PB no processo que trata da “Operação Sanguessuga”
    Publicado em terça-feira, abril 9, 2013 · Comentários 




    Vereador Tiago José (PHS) torna público condenação de Beto do Brasil

    Na última sessão da Câmara de Solânea, Brejo da Paraíba, nesta segunda (8), o vereador Tiago José leu o processo em que o atual prefeito de Solânea, Beto do Brasil, foi condenado no dia 19 de março deste ano de 2013, na chamada “Operação Sanguessuga”, antigo esquema em que o prefeito foi envolvido.

    A “Operação Sanguessuga” foi um escândalo de corrupção que estourou em 2006, sobre uma quadrilha que tinha como objetivo desviar dinheiro público para compra de ambulâncias em vários municípios do país.

    O Tribunal de Contas da União (TCU) rejeitou a defesa apresentada por Beto do Brasil e o condenou ao pagamento de R$ 15.554,44 (quinze mil quinhentos e cinquenta e quatro reais e quarenta e quatro centavos) mais uma multa de R$ 3.000 (três mil reais) a ser atualizada desde 2004. O processo é o de n° 023.933/2010-0, do acórdão 1226/2013 e do convênio 1696/2004.

    Em 2012, o prefeito sofreu outra acusação pelo TCU (1497/2012) de haver desviado simplesmente 2 (dois) milhões de reais dos cofres públicos da obra do esgoto de Solânea que foi parada pela metade e o dinheiro permanece sumido. O gestou recorreu e mesmo assim conseguiu ser candidato novamente.
    Da decisão atual, o prefeito será enquadrado na Lei da Ficha Limpa e poderá ficar sem o direito de disputar outra eleição por até 8 (oito) anos.

    Beto do Brasil ainda é processado por Peculato, Estelionato e Improbidade Administrativa*.

    O vereador Tiago José ainda mostrou-se solidário à família de Graça Cruz, pelo escândalo ocorrido na última sexta-feira (5), onde a secretária de saúde de Solânea, Tânia Cunha humilhou-a, indo a funcionária à justiça e prestando um boletim de ocorrências contra a secretária.

    *Peculato: Proc. N° 0000853-19.2010.4.05.8201
    Estelionato: Proc. N° 0002605-31.2007.4.05.8201
    Improbidade Administrativa: Proc. N° 0003988-08.2011.4.05.8200.

    Curta o Expresso PB no Facebook

    Da Redação 
    Com Diário do Brejo







    O ExpressoPB esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É importante informar que qualquer exagero político e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o ExpressoPB o gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário;

    Gostou? Compartilhe

      Tags :

      É proibida a reprodução total ou parcial deste site.

      CNPJ: 10.962.007/0001-48