Morre segunda criança vítima de estupro; pai é suspeito dos crimes contra as filhas; fotos

estuprador1Acaba de falecer no Hospital Amip, em João Pessoa, a menor de 1 ano e 3 meses. Ela e a irmã, de 2 anos e 6 meses – que morreu ontem no Hospital de Trauma – foram vítimas de estupro. O principal suspeito é o pai das crianças, Kaio Felipe, 22.

Ele foi detido ontem à noite.

Kauêne Geovania da Silva – a filha de 2 anos e seis meses -, morreu no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

Já a outra garotinha de um ano e três meses foi internada na Policlínica Amip. 

Leia também: Pai é suspeito de abusar de duas filhas em João Pessoa; uma morreu

Os crimes

estuprador2A mãe tinha ido receber auxílio do Governo Federal, o Bolsa Família, na Caixa Econômica e deixou as filhas com o pai.

Quando chegou em sua residência no bairro de Mangabeira percebeu que as filhas não estavam bem.

Ela levou as crianças ao Hospital do Valentina Figueiredo. O médico que as atendeu chamou o Conselho Tutelar por desconfiar de abuso sexual e encaminhou o caso para o Trauma.

No hospital foram confirmado os estupros. A criança de dois anos não resistiu a hemorragia e morreu por volta das 19h desta quinta-feira.

Já a menor ficou em estado grave.

A titular da Delegacia da Infância e Juventude, a delegada Joana Dark, deteve o pai que até agora é o único suspeito. Questionado ele não soube responder as perguntas básicas.

Todos na delegacia ficaram chocados com o estado em que as duas meninas chegaram ao hospital.

Mais informações em instantes. 

Da Redação 
Com Portal Correio

Em respeito à legislação eleitoral, o ExpressoPB esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É importante informar que qualquer exagero político e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o ExpressoPB o gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário;

Categoria:

Comentários

  1. Tenho 3 filhos,dos quais 2 meninas,jamais em minha vida confiei em deixar minhas filhas com ninguem,sempre as levei comigo para todos os lugares,inclusive ate para o medico,acredito que se a mãe esta por perto ela sempre defenderá os filhos

  2. maysa disse:

    Nossa q crueldade.Tenho uma filha de 1 ano e 6 meses mas protejo tanto q tenho medo dessas pragas entrarem um dia nas nossas vidas,peço a deus q nos ilumune MÃES para q possamos ter força e de superar até as dores das outras mães q perderam suas filhas neste estado……QUANTO ao cachorro PENA DE MORTE seria POUCO ele teve passar por cada dor q as crianças passaram.DEUS sabe castigar do seu jeito pode esperar e confiar nele……….

Facebook
Twitter
Tweets sobre "@expressopb"
É proibida a reprodução total ou parcial deste site. CNPJ: 10.962.007/0001-48