• Início
  • Articulistas
  • Quem somos
  • Contato
  • CENAS FORTES: Mulher é morta a facadas pelo próprio marido em Esperança/PB
    Publicado em sexta-feira, outubro 7, 2011 · Comentários 


    Local onde aconteceu o crime
    Local onde aconteceu o crime

    A tarde desta quinta-feira (06) foi marcada pela violência na cidade de Esperança, no Agreste do estado, quando um comerciante assassinou a própria esposa com golpes de faca peixeira. O crime aconteceu dentro da casa do casal. Depois do crime, o acusado fugiu e ainda não foi preso pela polícia.

    Era por volta das 17h, quando Emiliano José Maria Neto, de 34 anos, conhecido em Esperança como “Emiliano do Bar” discutia com sua esposa, a dona de casa Malvina dos Santos, de 32. Em determinado momento da discussão ele se armou com uma faca e aplicou dois golpes contra o peito da companheira.

    O crime acontece na Rua José Coelho, no Centro da cidade.

    A vítima ainda foi socorrida para o Hospital Municipal de Esperança, mas não resistiu aos ferimentos e morreu minutos depois.

    O casal tem dois filhos. Depois do delito, Emiliano fugiu em um táxi para Campina Grande. O motorista do transporte foi identificado e confirmou que deixou o comerciante no terminal rodoviário.

    O assassinato chocou os moradores de Esperança. Desde a confirmação da morte, várias equipes da Polícia Militar procuraram o acusado, mas até agora, ele não foi preso.

    Da Redação
    Com Marcio Rangel/Blog - Fotos: PM e Andrade Notícias







    O ExpressoPB esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É importante informar que qualquer exagero político e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o ExpressoPB o gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário;

    Gostou? Compartilhe

      Tags : , ,

      Comentários

      1. Admiro muito o profissional da comunicação desde que ele respeite os limites da ousadia e tenha ética profissional. Respeitosamente, a divulgação de uma imagem como essa é uma extrema falta de respeito para com os familiares da vítima. Não aconselho aos editores deste portal a remover essa imagem, mas que revissem suas politicas de trabalho.

      2. Também concordo muita falta de ética vocês publicarem essa imagem,falta de respeito com os filhos que estão abalados com o fato…tenha dignidade se fosse suas mães vocês colocariam a foto dela morta???? acho que não então o que vocês não querem pra vocês não faça com os outros…certo

      É proibida a reprodução total ou parcial deste site.

      CNPJ: 10.962.007/0001-48